psicofelipegoncalves on Instagram

Felipe Gonçalves

Psicólogo Terapeuta Sexual, Casais/Trisais Esp. em Direito Homoafetivo e de Gênero Palestrante/Consultor @diversusconsultoria ☎ (11) 95409-5308

Similar users See full size profile picture

@psicofelipegoncalves photos and videos

Mulheres incríveis.

1
Mulheres incríveis.

Clarice Lispector.

1
Clarice Lispector.

Simone de Beauvoir.

1
Simone de Beauvoir.

História da diferenciação por gênero nas roupas infantis.

3
História da diferenciação por gênero nas roupas infantis.

Foto da Barcelona Pride: Nós somos o arco-íris.

5
Foto da Barcelona Pride: Nós somos o arco-íris.

8 maneiras de melhorar o mundo por: Valentina Gomes.

1
8 maneiras de melhorar o mundo por: Valentina Gomes.

Isso não é elogio - é racismo

1
Isso não é elogio - é racismo

Sobre o racismo estrutural.

1
Sobre o racismo estrutural.

Malala Yousafzai.

1
Malala Yousafzai.

Compartilhe com outras mulheres.

3
Compartilhe com outras mulheres.

Exercício diário.

1
Exercício diário.

@uyrasodoma em carne de Bicha e Planta me montar é uma viagem constante de reconhecimento do corpo que vivo. Acho que a gente se engana quando diz que já conhece tudo sobre nosso corpo. Ele é um mundo de lugares fantásticos e autênticos, mas muitos deles permanecem inexplorados porque são locais que nos foram proibidos. Não falo apenas da experimentação artística ou sexual, mas de todas as possibilidades sensoriais como o auto toque ou simplesmente a parada, na frente um espelho, para olhar e amar o nosso corpo nu. Os padrões de beleza e tabus sociais nos ensinaram a odiar o corpo real, o nosso corpo. Nos treinaram e desenvolveram produtos para apertá-lo, escondê-lo e maltratá-lo, criando em nossa intimidade incômodos que doem. A gente adoece quando não sente o nosso corpo. Me montar de Uýra tem sido Cura constante e necessária. Modifico o meu corpo para viver coisas novas, para aprender mais sobre mim e me sentir mais Viva. Me monto em casa, em praças públicas, na casa de amigas. É um ato sozinha ou na frente de pessoas, como proponho em minha performance “Criação Assistida”. Geralmente começo pelo olho, zona de maior impacto no contato com o outro; depois sigo para os contornos e boca, dando-lhes proporções e elementos não-humanos, cujo resultado impacta, seja incomodando ou encantando.

1
@uyrasodoma
em carne de Bicha e Planta
me montar é uma viagem constante de reconhecimento do corpo que vivo. Acho que a gente se engana quando diz que já conhece tudo sobre nosso corpo. Ele é um mundo de lugares fantásticos e autênticos, mas muitos deles permanecem inexplorados porque são locais que nos foram proibidos. Não falo apenas da experimentação artística ou sexual, mas de todas as possibilidades sensoriais como o auto toque ou simplesmente a parada, na frente um espelho, para olhar e amar o nosso corpo nu. Os padrões de beleza e tabus sociais nos ensinaram a odiar o corpo real, o nosso corpo. Nos treinaram e desenvolveram produtos para apertá-lo, escondê-lo e maltratá-lo, criando em nossa intimidade incômodos que doem. A gente adoece quando não sente o nosso corpo. Me montar de Uýra tem sido Cura constante e necessária. Modifico o meu corpo para viver coisas novas, para aprender mais sobre mim e me sentir mais Viva. Me monto em casa, em praças públicas, na casa de amigas. É um ato sozinha ou na frente de pessoas, como proponho em minha performance “Criação Assistida”. Geralmente começo pelo olho, zona de maior impacto no contato com o outro; depois sigo para os contornos e boca, dando-lhes proporções e elementos não-humanos, cujo resultado impacta, seja incomodando ou encantando.

Balança da vida.

1
Balança da vida.

Mudança de comportamento.

1
Mudança de comportamento.

Sororidade.

1
Sororidade.

Não é um dia comum. Os livros no futuro irão documentar sobre a importância histórica deste dia 15 de março de 2019 para toda comunidade negra de São Paulo e país afora. Erica Malunguinho, primeira deputada Negra, Trans do Brasil. Fonte: https://www.almapreta.com/editorias/realidade/erica-malunguinho-o-dia-da-posse-da-primeira-deputada-negra-trans-do-brasil

1
Não é um dia comum. Os livros no futuro irão documentar sobre a importância histórica deste dia 15 de março de 2019 para toda comunidade negra de São Paulo e país afora. Erica Malunguinho, primeira deputada Negra, Trans do Brasil.
Fonte: https://www.almapreta.com/editorias/realidade/erica-malunguinho-o-dia-da-posse-da-primeira-deputada-negra-trans-do-brasil

Não julgue, beije.

2
Não julgue, beije.

Mães pela diversidade.

1
Mães pela diversidade.
Next »